Melhores da temporada se enfrentam no Rio de Janeiro

Publicado em: 21 DE JUNHO

Melhores da temporada se enfrentam no Rio de Janeiro
Arena montada na Urca também receberá o Superpraia (Créditos: Ana Patrícia/Inovafoto/CBV)

Dois dias depois do fim da nona etapa Open da temporada 20/21, as areias do Rio de Janeiro (RJ) voltam a receber o vôlei de praia brasileiro. De terça-feira (22.06), a partir de 9h, a sexta-feira (25.06) será disputado o Superpraia, evento que reúne as 20 duplas de melhor ranking – desde que tenham disputado ao menos três torneios junto –, novamente na Escola de Educação Física do Exército (EsEFEx).

Campeãs da nona etapa no último domingo (20.06), Ana Patricia e Rebecca (MG/CE) defendem o título do Superpraia no Rio de Janeiro. Vencedoras da última edição da competição, em 2019, a dupla espera manter o bom momento após a conquista do ouro no bairro carioca da Urca.

“A gente está bem feliz com esse retorno. A gente estava um tempinho sem competir e acabou de ganhar a nona etapa. Lógico que a gente vai com empolgação para o Superpraia, a gente ganhou o último e também foi um jogaço. A gente sabe que vão ser vários jogos difíceis, como foi na nona etapa. A gente está um pouco mais adaptada à areia da Urca, então vai ser um pouco melhor. Estamos felizes e muito empolgadas”, afirmou Rebecca.

Bárbara Seixas e Carol Solberg (RJ), que ficaram com o vice-campeonato no último fim de semana, vão em busca de mais uma medalha para a dupla formada no início de 2021 e que já conquistou três pratas em etapas Open do Circuito Brasileiro e um bronze no Circuito Mundial.

“A expectativa é sempre muito boa. Nosso time está crescendo e acho que isso é visível na forma como a gente se vê dentro de quadra, a gente está cada vez mais motivada, animada, e isso ajuda. Acho que realmente esse torneio que a gente fez foi muito bom. A gente ficou com esse gostinho do quase, esse gostinho do ouro. Mas, ao mesmo tempo que existe um pouco dessa frustração, porque realmente foi um jogo muito bom, que a gente até teve chances de ganhar, mas sabia que ia ser um jogo difícil sempre, a gente sente também que está havendo esse crescimento, que é um processo e que o ouro está cada vez mais próximo. Acho que as outras finais do Circuito Brasileiro, a gente não conseguiu apresentar nosso melhor, e agora acho que a gente já está conseguindo criar uma consistência muito maior e apresentando isso em todos os jogos”, disse Bárbara, campeã do Superpraia em 2015 e 2016.

Bicampeões da temporada Open do Circuito Brasileiro de vôlei de praia, André Stein e George (ES/PB) vão em busca de mais um bicampeonato nesta semana. A dupla conquistou a edição do Superpraia em 2019, e vai defender o título no bairro carioca da Urca.

“A gente é o último campeão também do Superpraia, da última edição, e a gente quer o bi do Superpraia também. A gente está bem empolgado. Uma competição atrás da outra tem um desgaste também, mas, por rodar o Circuito Mundial também, a gente está mais acostumado com isso. E a gente veio com esse foco. O foco era ganhar as duas etapas. Chegamos na final nessa primeira, acabamos tropeçando na final, mas agora a gente vem com mais força para ganhar outro ouro. Ainda mais que é na principal competição da temporada, que é o Superpraia”, afirmou André, que também foi campeão da competição em 2018, ao lado de Evandro.

Campeões da nona etapa Open masculina depois de um período sem disputarem competições, Bruno Schmidt e Evandro (DF/RJ) também chegam embalados para a competição. Buscando ritmo de jogo de olho nas Olimpíadas de Tóquio, o campeão olímpico Bruno prefere não criar expectativas para esta semana.

“É muito importante para a gente voltar a competir, e a gente ainda está na dúvida com relação ao último torneio na Suíça (do Circuito Mundial). Eu tive que me ausentar de grande parte da temporada. Tive que fazer uma pré-temporada no meio da temporada já. Foi ótimo voltar a jogar o Circuito Brasileiro, estava um bom tempo afastado, com saudade já. Gostei muito desse evento na Urca, belíssimo. É realmente um privilégio jogar nessas condições. Ter estendido o torneio até o final foi ainda melhor. Complementa bem o que a gente queria, em pouco tempo jogar ao máximo, treinar ao máximo. Óbvio que nosso foco está daqui a um mês, tentar botar nossas condições físicas e técnicas no máximo para lá. Com relação ao Superpraia, minha expectativa é não ter expectativas, acho que é a melhor coisa. Como fiz nesse torneio da semana passada. Jogar dia a dia, aproveitar cada jogo, cada set, para botar em prática o que não fiz nos meses passados. Óbvio que quero jogar, gosto de jogar até o fim. O que me dá prazer é jogar o torneio do início ao fim. A minha vontade é essa, mas não crio nenhuma expectativa. Acho que está sendo um bom método de competir, a partir do que eu passei, do que a dupla vem passando”, declarou Bruno, tetracampeão do Superpraia.

Além de Ana Patricia/Rebecca e Bárbara Seixas/Carol Soberg, as duplas participantes do torneio feminino do Superpraia são Elize Maia/Thamela (ES), Josi/Juliana (SC/CE), Andressa/Vitoria (PB/RJ), Taina/Victoria (SE/MS), Taiana/Hegê (CE), Aline/Neide (SC/AL), Verena/Angela (CE/DF), Cacá Richa/Carol Horta (RJ/CE), Erica Freitas/Thati (MG/PB), Val/Vivian (RJ/PA), Talita/Maria Elisa (AL/RJ), Rafaela/Jessica (PA), Ana Luiza/Tory (SC/CE), Fabrine/Solange (BA/DF), Izabel/Teresa (PA/DF), Talita Simonetti/Victoria Strehl (CE/RS), Flavia Moura/Barbara Ferreira (RJ), Andrezza/Fernanda Melo (AM/BA).

Na competição masculina, além de André Stein/George e Bruno Schmidt/Evandro, os participantes são Guto/Arthur Mariano (RJ/MS), Renato/Adrielson (PB/PR), Fabio/Allison Francioni (CE/SC), Vinicius Freitas/Vitor Felipe (ES/PB), Oscar/Thiago (RJ/SC), Maia/Vinicius Cardozo (RJ), Hevaldo/Adelmo (CE/BA), Marcus/Jô (RJ/PB), Bernardo Lima/Eduardo Davi (CE/PR), Leo Vieira/Bruno de Paula (DF/AM), Felipe Cavazin/Luciano (PR/ES), Rafa/Fernandão (PR/ES), Harley/Averaldo (DF/TO), Lipe/Anderson Melo (CE/RJ), Leo Gomes/Gabriel Gouveia (RJ), Pedro Solberg/Arthur Lanci (RJ/PR), Alvaro Andrade/Rafael (SE/PB) e Felipe/Jefferson (DF/CE).

Dentro do planejamento de cada dupla visando aos Jogos Olímpicos de Tóquio, Ágatha e Duda (PR/SE) e Alison e Álvaro Filho (ES/PB) não disputarão o Superpraia.

TABELA DE JOGOS

SUPERPRAIA
Temporada 20/21
Local: Escola de Educação Física do Exército (EsEFEx), Rio de Janeiro (RJ)
Data: 22 a 25 de junho
Transmissão: voleidepraiatv.cbv.com.br, Facebook da CBV, Aplicativo da CBV e SporTV


CAMPEÕES DO SUPERPRAIA

FEMININO

2019 – Ana Patricia/Rebecca (MG/CE)

2018 – Carol Horta/Taiana (CE)

2017 – Ágatha/Duda (PR/SE)

2016 – Ágatha/Bárbara Seixas (PR/RJ)

2015 – Ágatha/Bárbara Seixas (PR/RJ)

2014 – Talita/Taiana (AL/CE)

MASCULINO

2019 – André Stein/George (ES/PB)

2018 – Evandro/André Stein (RJ/ES)

2017 – Alison/Bruno Schmidt (ES/DF)

2016 – Alison/Bruno Schmidt (ES/DF)

2015 – Alison/Bruno Schmidt (ES/DF)

2014 – Alison/Bruno Schmidt (ES/DF)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Parceiros Oficiais